domingo, 4 de maio de 2014

Viagem de moto para Serra do Rio do Rastro e Corvo Branco - SC (parte 2 de 2)

Continuação......

5. dia: 26/04/2014 - cidade de Bom Jardim da Serra-SC e Serra do Rio do Rastro cerca de 300 km rodados.

Em Bom Jardim da Serra, que fica a cerca de 15 km do início da Serra do Rio do Rastro, ficamos na Pousada Santa Vitória e, após algum "choro" com o Neto, dono da pousada, fechamos a R$ 110 o quarto com duas camas de solteiro e café da manhã incluído. No vidro da janela, já havia muitos adesivos de moto-clubes de diversos estados, inclusive do exterior. Recomendo a pousada pra quem for àquela região.

Como a quilometragem a ser percorrida hoje era pequena, cerca de 300 km, levantamos mais tarde e tomamos aquele café da manhã. Saímos pra rodovia por volta das 09:30h e quando passamos o posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), já havia muita neblina no topo da serra.

De novo, não demos sorte com o tempo. As fotos e vídeos que vemos na mídia da Serra do Rio do Rastro são do primeiro mirante, que fica na frente do posto da PRF. Mas não dava nem pra enxergar o mirante. Mesmo assim, paramos por uns 15 minutos numa lojinha de conveniência antes de começar a descida da serra.

(Para melhor visualizar, clique nas fotos abaixo para ampliá-las).




Uma pequena parada pra deixar nosso adesivo na vitrine da lojinha, registrando nossa passagem e conversar com a dona do lugar.









Como o "selfie" (auto-retrato) está na moda, resolvi tirar a nossa. Até que ficou razoável..... rsrsrsrsrs


Motociclista na estrada parece um bobo alegre...acho que a sensação de liberdade faz isso.....



Essa foto foi só pra registrar a placa, que diz: "Atenção, Declive Acentuado, ext. 15 km ", logo no início da descida.









Depois que descemos uns dois ou três "lances" no zig-zag da serra, a neblina diminuiu bastante e pudemos ver a sua imponência e beleza.



O "Santo São Jorge".













Estrada belíssima...












Tenho uma filmagem da descida da serra, que ficou muito bacana.
 Assim que eu conseguir editar o vídeo, adicionando textos e etc, vou postar aqui.





Conforme prometido, segue o link para o vídeo desta pequena viagem:



No topo da serra, estamos a cerca de 1440 m de altitude. Descemos cerca de 1200 m e chegamos a Lauro Muller, cidade que fica ao pé da serra, com 240 m de altitude somente.
Na sequência, paramos para almoçar em São Ludgero-SC e seguimos viagem em direção a Balneário Camburiú, passando por Braço do Norte, Tubarão, Laguna e Florianópolis, pela BR 101, se não me engano.

Em Balneário, visitamos um casal de amigos do Jorjão, Kika e Cláudio. Após um banho, saímos para um lanche na avenida da praia de balneário e depois cama. Dia seguinte, o último, teríamos muito chão pela frente. Mais um dia maravilhoso de estrada graças ao nosso bom Deus, que nos deixou passar.

6. dia: 27/04/2014 - De Balneário Camburiú a Foz do Iguaçu -  930 km rodados.

Após uma razoável noite de sono, levantei por volta das 5 da manhã para começar a arrumar a bagagem. Depois de tudo arrumado, motos abastecidas e café da manhã no posto de gasolina, conseguimos sair por volta das 07:40 h.

Domingo de sol ou sol entre nuvens, mas nenhuma gota de chuva. São Pedro foi bom com a gente dessa vez, porquê ele já havia despejado toda a chuva no primeiro dia de viagem.

Saímos da BR 101 e entramos por Blumenau, passando por Rio do Sul e pelo Vale do Contestado. Bem próximo de Curitibanos, num posto de gasolina, o gerente do posto nos falou que costumava ir uma vez por mês para Foz do Iguaçu, nosso destino, e que se fôssemos por Lebon Regis e Caçador, economizaríamos uns 100 km, se comparado ao trajeto mais embaixo, passando por Joaçaba.

Sentimos firmeza na dica e resolvemos seguir esse caminho. Entramos por dentro da cidade de Curitibanos, seguindo as placas, sentido Lebon Regis e Caçador. Maravilha de caminho, domingão de manhã, frio, pouca gente na estrada. Pilotamos por uns 40 km só de curvas, asfalto bom, curvas maravilhosas pra fazer com a moto deitada e acelerando.

Nossa viagem de um total de 930 km nesse dia foi feita em menos de 12 horas. Paramos somente para abastecer e aproveitávamos para umas barrinhas de cereais, sem aquele almoço demorado.

Chegamos em Foz por volta das 19:15 h, cansados, mas felizes por mais uma jornada cumprida.

Agora, aproveito esta postagem para lançar o Projeto Atacama 2015. Depois de duas pequenas viagens no Brasil (Bonito-MS e Serra do Rio do Rastro-SC), penso que está na hora de programar uma viagem internacional. Nesta viagem, rodamos 2.363 km. Para o deserto do Atacama, a previsão é rodar mais ou menos 5.500 km, percorridos em cerca de 15 dias, com roteiro saindo de Foz atè Asuncion, capital do Paraguai, cruzando todo o chaco argentino e a Cordilheira  do Andes pelo Paso Jama, litoral do chile, Antofagasta, Copiapó e retorno pelo Paso Sao Francisco.


Um comentário:

  1. After World War II the machines came into worldwide use as governments had been drawn by the prospect of tax revenue. Video slot machines, which simulate reels on a monitor, had been introduced in Las Vegas in 1975. One of the numerous variations between video slots and three-reel slots with mechanical reels is that three-reel games nearly all the time have an incentive in the pay table to bet maximum coins. On three-reel games, a 카지노 max-coins bet brings a disproportionate jump in the top jackpot, so betting the max brings the next payback share than betting much less. Slot machines are extra well-liked than table games for a reason.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!